O.E. Hortelã Pimenta Bio Ladrôme (10ml)

11.50 IVA incluído

O.E. Hortelã Pimenta Bio Ladrôme – A hortelã-pimenta, a mais utilizada, de 25 espécies de hortelã descritas, é um híbrido estéril entre a hortelã-da-índia (Mentha spicata) e a hortelã-da-água (Mentha aquatica).

✓ Digestão, cólicas, náuseas
✓ Dores (de cabeça, outras)
✓ Cansaço, exaustão

Excelente para a fadiga mental e depressão, refresca o espírito, estimula a agilidade mental e melhora a concentração. É um bom auxiliar em casos de apatia, choque, dor de cabeça, enxaquecas, stress nervoso, vertigens e desmaios e em distúrbios respiratórios gerais, como tosse seca, congestão nasal, asma, bronquite e pneumonia. Para o sistema digestivo, é usado para cólicas, dispepsia, cólon espástico, flatulência e náuseas.

✅ Composição: Óleo essencial 100% puro e natural.
⬇️ Para mais informações desça a página.

2 em stock

Adicionar na Wishlist
Adicionar na Wishlist
Somente 2 itens restantes em stock!

Portes Grátis acima dos €50 para Portugal

Pagamento Seguro Garantido

Espalhe o amor

    O.E. Hortelã Pimenta Bio Ladrôme – A hortelã-pimenta, a mais utilizada, de 25 espécies de hortelã descritas, é um híbrido estéril entre a hortelã-da-índia (Mentha spicata) e a hortelã-da-água (Mentha aquatica).
    Trata-se de uma planta perene que atinge 60 centímetros de altura, com um caule quadrado, ramificado, vermelho-púrpura, com folhas opostas serrilhadas e flores rosa-púrpura agrupadas num espigão. As folhas são ricas em óleo essencial e quando esmagadas libertam um forte odor a menta.

    A O.E. Hortelã Pimenta Bio Ladrôme é tradicionalmente utilizada no tratamento de distúrbios digestivos, tais como colite espasmódica dolorosa, gastrite, inchaço, arroto ou flatulência, bem como para estimular as funções hepáticas e renais.

    O O.E. Hortelã Pimenta Bio Ladrôme é quase incolor. Possui um odor poderoso, penetrante, fresco e picante que quando inalado descongestiona as vias respiratórias e tem atividade antibacteriana. Para além disso é também ligeiramente analgésico, possuindo assim várias aplicações na aromaterapia.

    Nome em latim: Mentha x piperita Parte utilizada: partes aéreas floridas
    QUIMIOTIPO: mentol, mentona, acetato de mentilo.
    Método de produção: destilação a vapor de água
    Origem: Índia. A origem pode variar de acordo com o lote e encontra-se especificada na embalagem.
    Ingredientes: óleo essencial de Mentha x piperita *. (*) Ingrediente proveniente de Agricultura Biológica.
    MODO DE USAR:
    ✔️ Via oral: 1 gota por cada toma, 1-2 vezes por dia, sobre um suporte neutro1 (equivalente a 0,03 ml – 0,07 ml/dia).
    ✔️ Via cutânea: algumas gotas diluídas num óleo vegetal de base.
    ✔️ Difusão: se muito diluído, misturado com outros óleos essenciais mais suaves.
    Equivalência média: 1 ml = 31 gotas.

    🔴 ATENÇÃO: Não exceder as dosagens recomendadas. Os suplementos alimentares não devem ser utilizados como substitutos de um regime alimentar variado e equilibrado e de um modo de vida saudável. Manter fora do alcance das crianças. Não deve ser tomado/usado por crianças com idade < 8 anos sem conselho médico.
    Não tomar/ usar durante a gravidez e o aleitamento. Não utilizar em pessoas com antecedentes epiléticos, asma, colelitíase, inflamação da vesícula biliar, problemas hepáticos graves, hipertensão, problemas cardiovasculares graves, patologias estrógeno-dependentes e em pessoas hipersensíveis aos óleos essenciais. Não utilizar em caso de toma de homeopáticos. Não utilizar no banho, existe sério risco de choque térmico. Não utilizar ao final do dia, ou de noite, pois inibe o sono. Nunca tomar este óleo puro via oral, sem suporte(1).
    Todo o óleo essencial deve ser diluído num óleo vegetal de base para uma aplicação cutânea.
    1)por exemplo um comprimido neutro, uma colher de café de mel, uma colher de café de azeite, ou mesmo num pedaço de miolo de pão.

    0/5 (0 Reviews)